Aeroporto de Berlim - Tempelhof

Tempelhof foi um dos aeroportos mais importantes na história da Alemanha. Em 2010 foi reaberto e atualmente é o maior público de Berlim.

O Aeroporto de Berlim- Tempelhof (Flughafen Berlín-Tempelhof) foi um dos aeroportos mais importantes na história da Alemanha, mas, devido à alarmente quantidade de perdas que gerava, recentemente foi fechado e se transformou em um extenso parque no centro da cidade.

Um ponto-chave na história de Berlim

Apesar de em 1909 terem sido feitos pequenos voos sobre o aeroporto de Tempelhof, incluindo a primeira exibição aérea da história, foi apenas em 1923 quando Tempelhof foi considerado oficialmente um aeroporto. Em 1926 foi fundada a companhia aérea Lufthansa, que estabeleceu sua base no aeroporto.

Graças à sua privilegiada localização no centro da cidade, Tempelhof se tornou um dos aeroportos com maior tráfego mundial e no maior edifício do mundo até a criação do Pentágono.

Depois da divisão de Berlim em quatro zonas controladas por potências vencedoras da II Guerra Mundial, o aeroporto ficou na mão dos americanos e o exército americano tomou o controle em julho de 1945.

Em 1948 a União Soviética bloqueou as rotas terrestres e fluviais até Berlim Oeste como medida de pressão. Foi então quando começou a operação conhecida como “Ponte Aérea”, que consistia na realização de 1.400 voos diários durante as 24 horas do dia todos os dias para fornecer alimentos para todos os cidadãos. Em setembro de 1949 as autoridades soviéticas entenderam que Berlim Oeste não ia se render e finalizaram o bloqueio.

Depois da queda do Muro de Berlim, a base aérea americana foi desmontada e o Aeroporto de Tempelhof passou a ter um uso comercial. A reunificação alemã marcou o início do fim, já que Tempelhof começou a gerar perdas milionárias.

Tempelhof atualmente

Devido à enorme quantia de perdas que gerava, o famoso aeroporto foi fechado e em 2010 teve início sua transformação em um dos maiores parques urbanos do mundo. Com 380 hectares de extensão, o parque de Berlim supera o Central Park de Nova York.

Transporte

Metrô: Tempelhof, linha U6.
Trem: Tempelhof, linhas S45 e S47.