Museu do DDR

O Museu do DDR (em português, RDA) reúne objetos e reconstruções da parte comunista de Berlim que refletem o estrito regime em que viveram os alemães de Berlim Oriental entre 1949 e 1990. 

O Museu do DDR (em português conhecido como RDA ou República Democrática Alemã) reúne diferentes objetos e reconstruções da parte comunista de Berlim para mostrar aos visitantes o dia a dia dos alemães que viviam sob o estrito regime da RDA entre 1949 e 1990. 

Coleção

A coleção do Museu do DDR expõe, com toda riqueza de detalhes, a vida dos habitantes de Berlim Oriental. Os visitantes podem entrar em um trabant (o carro mais popular da época), além de ver todo tipo de objeto de uso cotidiano, como açúcar, remédios e alguns cosméticos.

As partes mais interessantes do museu são uma coleção de roupa da época e as explicações de como eles tentavam imitar o ocidente ou como divulgavam seu design. Você pode ver a reconstrução de uma casa da RDA, passeando livremente por sua cozinha e sala ricamente decoradas.

Mal dimensionado

Embora as exposições possam resultar atrativas, o museu é realmente pequeno e costuma estar muito cheio para suas escassas dimensões, por isso visitá-lo pode ser algo incômodo.

Por outro lado, embora predomine a parte visual, é necessário saber inglês para ler os textos e entender os objetos.

Horário

Todos os dias, das 10:00 às 20:00 horas (sábados até as 22:00 horas).

Preço

Adultos: 9,80€.
Estudantes: 6€.
Berlin Welcome Card: 25% de desconto.

Transporte

Trem: Hackescher Markt, linhas S5, S7, S9 e S75.
Ônibus: Haltestelle Spandauer Straße, linhas 100, 200, 248 e M48.